Resultados

Os principais resultados tangíveis do projeto incluem:

 

Impacto

As atividades do projeto CD Waste-ManageVET e os seus resultados terão, como impacto desejado, tanto em grupos-alvo diretos como indiretos, o aumento das oportunidades de carreira para os trabalhadores da construção civil e a sua melhor integração num mercado de trabalho mais ecológico e em evolução.

Outro impacto desejado, é a melhoria da imagem das empresas de construção locais que promovem a gestão sustentável dos RCD e a sua sensibilização para ferramentas de aprendizagem inovadoras.

Estas boas práticas serão difundidas e aplicadas a nível nacional, aumentando também o número de formadores profissionalmente dotados com conceitos didáticos transferíveis.

Ao nível Europeu, será alcançada uma melhor cooperação entre países, relativa a projetos de aprendizagem participativa, e melhoria de sinergias entre parceiros prestadores de EFP, formadores e ensino superior.

Por último, mas não menos importante, uma maior cooperação entre prestadores de educação e formação profissional, por um lado, e as partes interessadas do sector da construção, por outro.

 

Grupos-alvo

O projecto CDWaste-ManageVET destina-se aos seguintes grupos-alvo:

  • Trabalhadores do sector da construção. Serão diretamente afetados, uma vez que desenvolverão competências que respondam às crescentes necessidades de requalificação na área da Gestão de RCD e da economia circular. Consequentemente, novas oportunidades de negócio serão desbloqueadas e garantir-se-á, por um lado, uma maior integração no mercado de trabalho e, por outro, melhores condições de trabalho. Pelo menos 90 formandos do EFP desenvolverão as suas competências em GRCD e, 30 destes, serão selecionados e beneficiados com uma participação num programa de estágio/mentoria em contexto de trabalho.
  • Prestadores de EFP, formadores, Instituições de Ensino Superior e sector educativo Incorporarão na sua oferta educativa conteúdos atualizados em formato VOOC (Formação Profissional Aberta e à distância), os quais integrarão ferramentas digitais inovadoras e formas eficientes de prestação de EFP, combinando, ao mesmo tempo, uma componente de formação em contexto de trabalho (WBL). Pelo menos 18 prestadores de EFP (3 por país parceiro) irão atualizar os seus programas de formação, integrando os resultados deste projeto.
  • Partes interessadas, associações do sector da construção, PME, indústria de gestão e reciclagem de resíduos, organizações juvenis ativas em questões ambientais e decisores políticos. Reforçarão sinergias através da troca de informações e boas práticas, a fim de serem elaboradas recomendações sobre a evolução das competências dos colaboradores do setor da construção e oferta de postos de trabalho, no que respeita à gestão eficiente dos RCD. Por outro lado, o sector da construção pode tornar-se mais competitivo e eficiente, ao (re)utilizar matérias primas mais sustentáveis. Além disso, o diálogo social sairá também mais reforçado através da constituição de uma rede de contatos com vista ao intercâmbio de informações sobre as necessidades do setor da construção, incluindo a sua abertura para adotar práticas de eficiência de recursos, bem como a capacidade do sistema educativo, nomeadamente, dos prestadores de EFP para satisfazer essas necessidades, requalificando os colaboradores do sector.
  • A parceria do projeto. Desenvolverá a sua capacitação interna e reforçará a sua rede de contatos nas temáticas encontradas ao longo do projeto.